Cotidiano, Utilidades

Cuidando das suas roupas entre as estações

Luíza Alves / / Nenhum Comentário
Cotidiano, Utilidades

Cuidando das suas roupas entre as estações

Luíza Alves / / Nenhum Comentário

Alguns tecidos precisam de um cuidado todo especial na hora de serem guardados, principalmente se forem permanecer em desuso por muito tempo, como acontece na troca de estações. Suas roupas vão estar com cara de que acabaram de ser colocadas no guarda-roupas com as dicas que daremos nessa última parte da sequência de posts “Conservando suas roupas”. Ainda não as outras? É só acessar a parte 1, a parte 2 e a parte 3 aqui!

Para começar é importante ressaltar que jamais se deve guardar roupas entre as estações sem que as mesmas estejam limpas e secas.

Camurça e chamoi

Em quê? Pendurados em cabides e em lugares ventilados e à sombra;

Com proteção? Só se forem capas em tecido de algodão ou tnt;

Periodicamente: Se estiverem em um armário fechado, de tempos em tempos escove ou passe pano úmido e coloque para fora para “respirar”.

Tricô, lã e cashmere

Em quê? Dobrados, pois no cabide correm o risco de deformar;

Com proteção? Devem ser colocados em sacos de tecido de algodão, já que o plástico cria um ambiente propício para traças;

Periodicamente: Use escovas especiais para “pentear” as fibras e remover bolinhas.

Couro

Em quê? Pendurados e em lugares ventilados e à sombra. Cartões de visitas ou tiras de materiais plásticos usados no local onde as peças como saias entram em contato direto com os “grampos” do cabide evitam marcas e vincos já que o couro não pode ser passado;

Com proteção? Apenas capas em tecido de algodão ou tnt;

Periodicamente: A cada 45 dias mais ou menos passe pano úmido e coloque para fora para secar e “respirar”.

Peças em tecido sintético

Em quê? De preferência pendurados, com exceção das que possam esticar e deformar;

Com proteção? Somente se for ficar em desuso por grandes períodos. Nesse caso, os coloque bem secos em capas plásticas;

Periodicamente: Apenas lave normalmente quando necessário, sempre em água fria.

Peças em tecidos naturais

Em quê? Dobrados ou pendurados, dependendo da peça;

Com proteção? Ao guardar por longos períodos, coloque em sacos de tecido de algodão;

Periodicamente: Lave quando necessário, de preferência à mão e em água fria.

Roupas claras

Em quê? Dobradas sempre que possível;

Com proteção? Papel de seda ou sacos de algodão são azul claro boas opções de proteção por filtrarem os raios de luz e evitarem o amarelado;

Periodicamente: Lave com alvejantes para manter o branco. Procure evitar produtos com cloro, pois eles podem amarelar o tecido.

Bônus: Sapatos

Em quê? De preferência em caixas ou onde corram menos risco de deformar, em local fresco e ventilado;

Com proteção? Caixas e armários próprios para esse fim por si costumam ser o suficiente. O ideal é que dentro deles você deixe alguns saquinhos de sílica ou similares para absorver a umidade e evitar mofo;

Periodicamente: Faça a limpeza com pano úmido e deixe secar bem.

Observação: Os sapatos jamais devem ser colocados em caixas após serem retirados dos pés. Aguarde de 4 a 6 horas no mínimo para que toda a umidade e suor evaporem.

Gostaram das dicas e de toda a sequência de posts? Qual deles vai ser mais útil pra você?

Beijos,

Lu

Previous Story

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply